Feliz ano 2017

Feliz ano 2017

28 de fevereiro de 2016

Vencer as birras com calma

Felizmente não tenho uma menina de fazer muitas birras.

Tenho é uma menina que quando vem da escola lembra-se que quer ir fazer uma festa aqui, ir a casa dos avós, ir a casa dos primos, dos vizinhos, dos amigos... 
E as raras birras são porque em vez de ir passear e fazer festas, vai direcção a casa para a rotina semanal!

Então, ou não sai do carro, ou sai e fica na rua ou no hall de entrada sentada no chão a chorar...

Por mais que a chame e anime, nada!

Já não tenho força para pegar nos seus 26 kilinhos, nem a barriga deixa.

Um dia, enchi-me de calma, fui ter com ela e abracei-a...
Conversei e expliquei-lhe que a percebia... 
Conquistei-a de novo, dei-lhe a mão e levei-a até ao sofá onde lhe dei muitos beijinhos e limpei-lhe as lágrimas.

Aos poucos o choro foi passando, fomos conversando e deitei-a no sofá tapadinha...
Ali ficou, sossegada, tranquila a olhar para a tv...
Nos dias que o mal é sono, lá fica na ronha.
Nos dia que é só birra, passado poucos minutos vem ter comigo, e diz que gosta muito de mim.

:)

Eu deixei de me enervar, de gritar, de a puxar, de ter vontade de dar uma palmada.

Foi só mudar o meu pensamento e respirar fundo.

Caramba, as crianças também têm o direito de se sentirem frustradas! 
Só temos de as compreender e mimar!


As birras agora duram muito menos e eu sinto-me menos stressada!

Beijinhos,
Neuza

8 comentários:

  1. Boa! Muito bem!
    As crianças só precisam de ser compreendidas e amadas. Afinal, não passam de crianças :)
    Beijinhos**

    http://anagalhano.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Boa! Muito bem!
    As crianças só precisam de ser compreendidas e amadas. Afinal, não passam de crianças :)
    Beijinhos**

    http://anagalhano.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Olá Neusa! Lendo-a, me veio à mente uma birra do João. E foi assim mesmo que o fiz acalmar. Já o João as birras é para n sair de casa. Amã fixar em casa no seu mundinho. Lindo Domingo para vocês, beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá Neusa! Lendo-a, me veio à mente uma birra do João. E foi assim mesmo que o fiz acalmar. Já o João as birras é para n sair de casa. Amã fixar em casa no seu mundinho. Lindo Domingo para vocês, beijinhos

    ResponderEliminar
  5. O amor tem o poder de tratar tantos males!
    Beijinho querida, tem uma linda semana junto da tua linda família!

    ResponderEliminar
  6. Com calma tudo se consegue e nós também vamos ganhando experiência como mães , conhecendo-lhes as manhas e sabendo dar a volta ... e eles também :)))

    Quanto à imagem do meu blog , o sr. da primeira foto é o meu pai , seria giro se o conhecesses :))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Também já percebi que a nossa mudança de comportamento faz toda a diferença nessas situações com as crianças!

    Como você disse, a criança também tem o direto de se sentir frustrada. Tratando-a com respeito, ouvindo-a ao invés de brigar, parece que elas se sentem mais compreendidas.

    Respiro fundo e converso, ao invés de perder a paciência. Às vezes é bem cansativo, mas é impressionante como conseguimos resolver as questões com mais facilidade!

    ResponderEliminar