14 de Outubro de 2014

Bom garfo...

É por vezes de madrugada que me surgem as melhores ideias!
Daquelas que não me deixam qualquer dúvida!
Fico super feliz e cheia de vontade de colocar mãos à obra!
E é tão bom quando as consigo por em prática pouco tempo depois!
Adivinhas para onde vai este trabalho depois de passadinho a ferro?

Beijinhos,
Neuza

9 de Outubro de 2014

Cortinas para o louceiro rústico

Este Verão foi bastante produtivo no exterior, obras, recuperações, decorações no jardim... 
Está tudo pronto para que o próximo Verão seja ainda mais divertido!

Agora é tempo de anotar as ideias que ficaram por fazer e aguardar pelo próximo ano e dedicar-me ao interior.          
                                                     
O Outono chegou e com ele chegam as festas cá em casa.
Todos os anos nesta altura dedico-me ao nosso anexo, espaço das festas e convívios. 
Para já comecei pelas cortinas do louceiro.

Andei doida à procura do tecido desejado, mas nada. 
Mais uma vez a minha grande amiga Susana Gonçalves salvou-me e enviou-me tecido que tinha guardado para algum projecto que surgisse! Ela conhece todos os meus gostos!

Alinhavei as cortinas e a minha mãe coseu à máquina, um trabalho de equipa e familiar! Da próxima aprendo coser!



A evolução:
 Não gostei de ver o apenas o pano crú.
 Experiências com sacas:
E finalmente as cortinas, com um belo laçarote rústico.
Para as realçar estas cortinas e proteger o interior do pó, fizemos umas cortinas básicas para colocar atrás:

A minha ajudante teve de meter a sua mãozinha no trabalho.
Já sabe o que são parafusos, esticador e camarões.

Ela não me deixa fazer nada sozinha, até em cima do banco tivemos de estar as duas em equilibrismo.
Aceito sugestões para a cortina a aplicar na parte central do louceiro:
Aplico o tecido liso bege ou vermelho quadriculado?

Beijinhos
Neuza

1 de Outubro de 2014

Planked canvas art Hotel

A minha amiga Dina passa três meses em Portugal e 
tem sempre casa cheia de família, amigos e grandes petiscos. 
São três meses de muita animação na sua casa de Verão, desde 2000!
 Por brincadeira e como agradecimento, 
fiz-lhe este quadro que me deu imenso gozo!
Beijinhos e continuação de boa semana.
Neuza

27 de Setembro de 2014

Mirtilos :: Vaccinium corymbosum

 Um entardecer solarengo tem de ser aproveitado lá fora!
 E esta foi uma das tarefas...
 Terreno macio depois de tanta chuva...
 Com a ajuda da minha habitual companheira...

No sítio de uma framboeseira que secou, esperamos daqui a uns tempos colher mirtilos.
 Chuva, podes voltar por um dia para deixares tudo bem regadinho!

25 de Setembro de 2014

A fraldinha da Íris

 A pequena Íris está prestes a nascer...
 A filhota que adora fraldas, já percebeu que não são todas para ela 
e perguntou também desta vez: "É para quem mamã?"
Respondi: "Sabes quem te deu este elefante, filha?
Filhota: "Foi a amiga da mamã. Como chama?"
Eu: "Joana. E a minha amiga Joana vai ter uma bebé que se chama Íris. 
 Ela ofereceu-te um elefante e nós vamos oferecer uma fraldinha com um elefante"
Filhota: "Eu quero ver a Ìris!"
 Eu também estou ansiosa por conhecer a Íris e estar com os meus queridos amigos e pais babados.
Beijinhos,
Neuza

12 de Setembro de 2014

Cheiros inexplicáveis, cheira-me a Outono

No passado domingo, depois de um fim de semana fora, chegámos a casa...
A terra estava molhada, fazia-se sentir um calor agradável...
Havia cheiros maravilhosos, não aquele típico cheiro a terra molhada, 
mas um cheiro especial a cada canto...
Debaixo dos pinheiros, na zona das lavandas...

Encontrei este pinhão a dar origem a um pinheiro... Achei lindo! Fiquei feliz!
Expliquei à filhota como nascem os pinheiros.

Impressionante como uma casca dura, difícil de quebrar para comer um pinhão, 
se abre assim naturalmente para dar vida!

Senti uma melancolia boa... difícil de explicar...
Decidi ficar na rua com a filhota até ao pôr do sol.
Plantámos bolbos, apanhámos lavandas, visitamos o nosso pomar...




Juntas vimos quais as framboesas que secaram, para voltar a plantar... 
Lindo ver a minha menina a explicar-me quais as framboesas que estão a rebentar cheias de folhinhas...

Lembrou-se disto e chamou pelo gato...

E terminámos o dia deitadas na nossa rede de balouço, 
debaixo dos pinheiros a apreciar os últimos raios de sol...
Debaixo da rede, junto aos pés dos pinheiros cresce musgo que parece veludo verde...
O cheiro maravilhoso paira no ar...

Parece que tudo se está a preparar para o Outono devagarinho, a trazer mudanças tão boas.


No interior de casa as surpresas não acabaram...
Fui surpreendida com estes bolbos plantados em 2012, que em 2013 não deram sinais de vida e agora estão a crescer, lindos.

Mas cheira-me que este Outono vai ser especial!

E ele cá estará dia 23 de Setembro pelas 02:29h.

Beijinhos