30 de maio de 2014

Esta triste semana...

Esta semana foi desesperadamente triste!
Esta semana recebi uma muito má notícia, e no dia seguinte outra, a qual não queria acreditar...
Esta semana presenciei a tristeza de duas mães e dois pais que perderam os seus únicos filhos...
Esta semana acompanhei os corpos de dois jovens bons (da minha idade), honestos, humildes até à sua última morada...
Esta semana uma jovem esposa, pessoa maravilhosa, ficou viúva...
Esta semana mais uma criança da idade da minha filha ficou órfã de pai...
Esta semana fui transmissora de uma notícia muito triste a duas pessoas para mim muito queridas...
Esta semana apercebi-me de como de um segundo para o outro tudo acaba...
Esta semana chamei o 112 para evitar outra perda... Presenciei medo e angústia. Tremi e temi!
Mas se esta semana foi difícil para mim, para as famílias directas das vítimas foi muito mais e assim será para todo o sempre. Para o resto das suas vidas. Uma tristeza sem fim, duas perdas incalculáveis!

Se por um lado esta semana me deu mais vontade de viver em paz, de ligar menos a coisas parvas que nos enervam e nos fazem sofrer, de dar mais amor ao próximo, de ser mais feliz ainda o tempo que estou nesta vida... por outro lado pergunto-me? Como posso eu querer ser agora ainda mais feliz, se há pessoas que estão a sofrer tanto estas duas grandes perdas?
O que é certo, é que vivemos como se tivéssemos muito tempo para abraçar, para amar, para fazer o bem, e esquece-mo-nos de viver hoje intensamente como se morrêssemos amanhã!
Porque desta vida só levamos o amor que damos e o amor que recebemos!

Se é que podemos tirar uma lição... por favor, sê feliz, desfruta mais da tua família, dos teus amigos... Está mais presente! Dá mais de ti a quem te ama. Não ligues as coisas que só trazem chatices, não percas tempo com conflitos! Aproveita cada minuto desta vida! Faz o que te faz feliz! E tem cuidado contigo e com os teus!
Um beijinho,
Neuza



11 comentários:

  1. Um beijinho e um xi muito apertadinho!!!

    ResponderEliminar
  2. Um doce beijinho minha querida;
    Kina

    ResponderEliminar
  3. :( Força amiga
    Beijocas grandes
    Susana Gonçalves

    ResponderEliminar
  4. Vai daqui um abraço muitooooooo apertado com muita luz
    Força amiga , e se precisares sabes onde estou ;)
    Os meus sentimentos
    Lulu

    ResponderEliminar
  5. Na minha profissão (sou pediatra) apercebo-me no meu dia-a-dia do quanto a vida é frágil. Não cabe na minha cabeça que pessoas que trabalham lado-a-lado comigo não vejam a verdadeira importância de tudo. É por enxergar isso com o coração que sigo esses caminhos. Vivo para a minha família, meus amigos e para mim. Digo às pessoas o quanto são importantes para mim. Mimo quem está ao meu lado. Sorrio a quem cruza meu caminho... Façam isso também! Beijinhos a todos

    ResponderEliminar
  6. Olá Neuza, o pior disto tudo, é que a memória é fraca, e passados os momentos de choque e aflição, continuamos a dar importância e a chatearmo-nos com as coisas que não têm a menor relevância. É assim a mente humana. Enfim, foram muito duros estes dias para ti, espero que possas encontrar serenidade. Grande beijinho.

    ResponderEliminar