Feliz ano 2017

Feliz ano 2017

11 de fevereiro de 2011

O meu 1º Terrário

Em pequena desenhava a minha casa com um jardim interior enriquecido com luz natural...
Mesmo a viver no campo, sempre tive a paixão de trazer a natureza para dentro de casa!
Desde que encontrei esta ideia da Luarte no blog Ideias debaixo do telhado, fiquei tentada!
Um Terrário é um recipiente de vidro devidamente equipado onde se observa o funcionamento do mundo natural.
Material:
1 frasco de vidro de preferência com tampa de vidro;
Pedrinhas pequenas;
Carvão vegetal:
Terra preta;
Pequenas plantas com raiz;
Musgo;
Ornamentos como pedras e pequenos paus para decorar e dar um ar mais natural ao ambiente.

Adorei a experiência... este é apenas o meu primeiro.
Muitos se irão seguir!
Um Terrário é também um substituto decorativo a um cacareco caro e que passa de moda. 

Obrigada Luarte por partilhares ideias fantásticas!

20 comentários:

  1. Olá!
    Sabes que desde que vi o post da Luarte e outros, que tive sempre vontade de fazer um e um dia destes vai ter que ser, ainda mais com dois filhotes que para estas coisas estã sempre prontos a ajudar.
    O teu está lindo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Miga...

    Que lindo...

    Adorei ver a tua experiência...

    Parabéns miga...

    jinhos

    ResponderEliminar
  3. Eu ainda tenho a ideia de fazer um... mas porquê tapado? Ele não respira melhor se for aberto? Eu pensei fazer num aquário redondo.

    Esse está mesmo giro, eheh e o da Lu também.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Vamos todas fazer um terrário e partilhar as evoluções?

    Vera, eatá aqui um post interessante para incentivar as crianças:
    http://www.emarp.pt/ecoclube/Aprende_/aprende_.php

    Lúcia...
    A tampa serve para o vapor de àgua não evaporar e se poder dar o ciclo da àgua, ou seja, a àgua não evapora, concentra-se nas paredes e tampa do frasco e acabar por cair gotinha a gotinha sobre a terra dando a ideia de que está a chover.
    Este post da Lu explica tudo ao detalhe:
    http://ideiasdebaixodotelhado.blogspot.com/search/label/plantas%20e%20flores

    Beijocas.

    ResponderEliminar
  5. Olá, Velud'arte :)
    O teu terrário está super giro.
    Sabes, há duas semanas na serra de Sintra apanhei uma plantinha igualzinha à que tens no teu terrário. Está plantadinha num vaso normal e está toda viçosa! É forte a rapariga :)
    Peço desculpa por tomar a ousadia de responder ao comentário da Lúcia: um terrário fechado é muito diferente de um terrário aberto. Aquilo que acontece num e noutro não é o mesmo. Por exemplo, num terrário aberto nunca verás o ciclo da água, logo nunca vais ver chover.
    Eu explico isso no post que escrevi.
    São esses fenómenos naturais que considero fascinantes num terrário fechado.
    Espero ter esclarecido a dúvida.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Velud`arte, é interessante o link que me indicas-te;).
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Lindo o teu terrário...o fasquinho onde o colocas-te é lindo também...Um dia também farei um...concordo quando dizes que é uma bela decoração...Beiijinhos...

    ResponderEliminar
  8. Interessante e bonito. Fiquei com vontade de fazer um :) Seria muito engraçado se todas mostrássemos o nosso.
    E que tipo de plantas é que achas que devo utilizar, de interior ou de exterior?

    Fiquei entusiasmada e até tenho o recipiente ideal! Tu e a Luarte fizeram uns terrários mesmo giros.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Olá Carla.
    essa também foi a minha dificuldade!
    A minha ideia era e ainda é ir ao pinhal e apanhar uma planta engraçada com raiz... mas vi esta plantinha em casa da minha avó e já que o terrário é grande optei por esta que o preenche mais.
    Fica lindo com catos também!
    Eu não sou especilista, mas creio que as plantas de exterior são as melhores, visto tratar-se de um ambiente em tudo semelhante ao do exterior!
    Opta por plantinhas que se dão bem à sombra...
    Beijinhos e aguardo pelo teu terrário.

    ResponderEliminar
  10. Bem... de facto nunca pensei em ter um terrário, mas depois de ver o teu e o da Luarte fiquei com vontade de experimentar...
    uma dúvida: vocês regam normalmente a planta?

    bjocas e parabéns pelo trabalhinho,

    ResponderEliminar
  11. ohh que indo que ficou!
    que belíssima ideia!

    ResponderEliminar
  12. Dizes tu que muito aprendes comigo? engano puro e simples o teu...quem tem aprendido e muito sou eu através do teu espectacular blog......Fiquei maravilhada com esta ideia...Serei capaz de executar? no lo creo...mas que adorei a ideia e que gostava de um SIM:::::::::::::
    Vou consultar o blog da luarte...
    Parabéns para as duas
    Bjcoas

    ResponderEliminar
  13. Acho lindo. Já tinha visto o da luarte e achei uma ideia super original. A minha questão é: e quando as plantas começarem a crescer e ganharem outras dimensões? Temos que dar por fim a vida desse terrário ou o tamanho vai-se moldar ao espaço que existe?

    ResponderEliminar
  14. Que fofura !!!
    Se nós tivessemos jeito com as plantas faríamos um.Mas para o bem delas é melhor só observar os seus.
    Beijo com carinho

    ResponderEliminar
  15. Mais uma vez tomo a ousadia... desculpa :P
    Goldie: as plantas não podem ser regadas normalmente se o terrário for fechado. Aí a terra e o ambiente ficariam super saturados.
    O meu terrário apanha ar para aí uma 2 vezes por mês. Nessa altura vejo se precisa de água e adiciono umas gotinhas.

    Cláudia: Dentro de um terrário as plantas não se desenvolvem tanto porque o próprio ambiente condiciona-as.
    Daí que, à partida se devam escolher tamanhos de plantas que equilibrem com o tamanho do frasco, dando-lhe logo espaço para se desenvolver.
    Se eventualmente ela crescer, deve ser podada cuidadosamente com uma esoura pequena (tal como explico no post que fiz sobre o assunto).
    Beijinhos e mais vez peço desculpa à Neuza pela apropriação das respostas (é só mesmo com o intuito de ajudar).
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Goldie e Cláudia,
    desculpem a demora da resposta.
    Tenho andado um bocadinho afastada do blog por falta de tempo, e felizmente a Luarte já vos respondeu!
    Força nos vossos terrários!

    Luarte,
    muito obrigada pela tua ajuda, é um prazer enorme ter-te aqui e sentir a tua participação!
    Tenho aprendido muito contigo.

    Tuquinha,
    é claro que és capaz!

    Doce Ateliê,
    experimenta! Vai ser divertido de certeza!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Obrigada pelo esclarecimento...

    Bjocas às duas... e às restantes também... ;) não quero ninguém a chorar ...hehehe
    Goldie

    ResponderEliminar
  18. Adorei este blogue e vou fazer um terrário (embora também viva no campo)!
    Fiquei tua fã;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Bem adorei a ideia, adoro plantas mas não tenho minimo jeito para a coisa! É mesmo uma questão de tentar! =D

    ResponderEliminar
  20. Amiga, amei seu blog, só me resta ir atrás dele, que encontrei com a porta aberta, me esperando, para ver esta maravilha de terrário, estou louca para fazer o meu, só resta comprar o carvão, mais já estou me preperando.
    Dá uma passadinha em coisasdecristal para voce ser energizada e se tornar um cristal.
    Tenha uma boa semana
    Bjs cristalinos

    ResponderEliminar