30 de janeiro de 2015

Pintar...


Pintei um quadro personalizado para uma princesa pequenina...
Estou super feliz com o resultado mas só posso mostrar dia 16...
Que saudades que eu tenho de pintar!!!
Beijinhos
Neuza

28 de janeiro de 2015

Sou uma mãe corre corre...

Olá amiga (o).
Quando não estou a imaginar coisas bonitas para fazer, estou com a cabeça ocupada de memórias e outros pensamentos até que chego a pequenas conclusões e arrumo os assuntos por uns dias...
Isto de ser mãe é assim, penso eu... 

O nosso dia a dia não passa de uma correria como todos sabemos...
Quando eu era pequena passava poucas horas na escola. Recordo-me de ir para casa da minha avó lanchar uma boa fatia de pão com manteiga ou uma papa de farinha que ela torrava com calma e amor, enquanto eu sentada à mesa balançava as pernas ao sabor do tempo e conversava, conversava... Tinha ainda tempo de brincar às lojas, de brincar com amigos da minha idade, com a minha prima, corríamos a casa das vizinhas todas, subíamos as árvores, jogávamos à bola no meio da estrada onde as balizas eram duas pedras, que retirávamos quando passava algum carro (coisa rara), andávamos pela rua descontraidamente...
Parece que havia todo o tempo do mundo...
A minha mãe trabalhava, verdade seja dia, havia dias que mal a via,e o meu pai igual... 
Mas tinha lá sempre os meus avós o mais dedicados possível com todo o tempo do mundo para mim!
Hoje eu reclamo sozinha quando vou atrasada para o trabalho...
Acordamos, despachamo-nos as duas, eu a correr, ela com a maior calma do mundo, uma birra aqui, uma gracinha ali que me enche de orgulho (hoje começou com uma birra descomunal a chorar no chão, porque não queria aquelas pantufas e acabou penteada e de bandolete na cabeça e saiu-se com "mãe já me penteei") , por vezes entro em stress, refilo que tenho de passar a acordar uma hora mais cedo... deixo-a na escola, dispo-lhe o casaco, um beijinho e um abraço, vejo com quem fica, vou trabalhar atrasada, mas descansada porque estive ali com ela aquele bocadinho na escola... a meio da tarde já não posso com saudades, tento sair a horas e corro para ela... Umas vezes sou recebida com um grande abraço e um sorriso, outras com uma cara rabujenta cheia de sono e uma mais uma birra. 
Quase voamos para casa... Se fazemos uma paragem pelo caminho, atrasa-se tudo... Fazer o jantar, banhos e pijamas vestidos nunca seguem uma ordem metódica, é conforme o sono, ou enfim a disposição dela... Até que num abrir e fechar de olhos chega a hora da caminha... E aí acalmo, rezamos juntas ao Anjinho da Guarda, deito-me na cama dela, falamos sobre o dia, sobre o que fez de bem, sobre o que se portou mal, damos um abraço e beijinho, pedimos desculpa quando assim tem de ser, conto-lhe a história e permito que adormeça agarradinha a mim, feliz e em paz.
Caramba, o dia passou tão rápido.
...
As crianças passam tanto tempo na escola e tão pouco tempo com a família.
Mas pensando bem, que bom que ando em stress e numa correria, é que todo o tempo que ela não está na escola, está sempre comigo! E isso é apesar de tudo muito gratificante! 
Consigo ser a pessoa mais presente na vida da minha filha. Afinal dou o melhor de mim!
Sou a pessoa que mais tempo passa com ela, a que lhe prepara os lanches, que a veste, despe e dá banho, a que conversa mais tempo com ela, a que brinca, pinta e inventa, a que lhe pede ajuda para as tarefas da casa para estar ainda mais tempo com ela. 
E sim, sou também quem mais refila, quem mais promete castigos, quem lhe dá uma palmadinha no rabinho quando precisa. 
Ainda bem que sou uma "mãe corre corre" :)
Há muitas mais mães com dificuldades em gerir o tempo, mas a fazer esforços para estar sempre presente?

23 de janeiro de 2015

Primeiras ideias de 2015




Tenho um enorme carinho por este cantinho,
mas há alturas em que não surge nada para partilhar, o tempo não o permite...
No entanto, muitas ideias novas começaram já a saltitar e uma delas prende-se a estas imagens que me inspiraram para uma das paredes vazias da sala...
Vou guardar aqui para não me esquecer, pois agora ainda não é a altura certa :) 

Para já:
Vou começar a pintar um quadro de nascimento para uma princesa já na minha próxima folga. Ando ansiosa por começar... Creio que este vai ser o empurrãozinho para umas telas pintadas em 2015.
Assim espero, vontade não me falta!
Fazer tudo com uma fofinha de 3 anos comigo, nem sempre é fácil :) Tenho de pintar às escondidas :)

Beijinho,
Neuza